baita tecnologia - logomarca

Saiba quais são as cargas mais roubadas nas estradas do Brasil

Um dos maiores desafios enfrentados por gestores de carga e motoristas nas estradas é a violência.

A cada ano, os números desses incidentes crescem, aumentando a procura por soluções que minimizem o impacto das cargas mais roubadas no Brasil. Se você não sabe quais são, confira agora o Top 10 das cargas mais visadas no país.

Produtos Alimentícios


Os produtos alimentícios são essenciais para a sobrevivência humana e representam uma fatia significativa do mercado global de bens de consumo.

No Brasil, esse segmento é bastante dinâmico e competitivo, com uma ampla variedade de produtos e marcas disponíveis em supermercados, mercearias e outros pontos de venda.

Infelizmente, os produtos alimentícios também estão entre as cargas mais visadas pelos criminosos nas estradas brasileiras. O roubo de carga é um problema crescente e complexo, que envolve não apenas prejuízos financeiros, mas também questões de segurança pública e impactos socioeconômicos negativos.

Existem várias razões pelas quais os produtos alimentícios são alvos frequentes de roubo de carga. Uma delas é a facilidade de escoamento no mercado varejista.

Após a ação criminosa, os produtos roubados podem ser facilmente misturados aos produtos legais no comércio, sem levantar suspeitas. Isso dificulta a identificação e recuperação dos produtos roubados, bem como a punição dos responsáveis pelo crime.

Os produtos alimentícios têm alto valor agregado e grande demanda no mercado, o que os torna alvos atraentes para os criminosos.

Produtos como carnes, queijos, bebidas alcoólicas, alimentos processados e suplementos alimentares são particularmente visados pelos ladrões de carga, devido ao seu alto valor de revenda e ao fato de serem produtos de consumo diário.

O roubo de carga de produtos alimentícios tem impactos significativos em toda a cadeia produtiva, desde o produtor até o consumidor final.  Afetam a disponibilidade e a qualidade dos produtos no mercado, causando escassez, aumento de preços e impactos negativos na saúde dos consumidores, especialmente quando os produtos são adulterados ou armazenados de forma inadequada pelos criminosos.

Cigarros


Assim como os produtos alimentícios, os cigarros são alvos frequentes de roubo de carga nas estradas brasileiras. Isso se deve em grande parte à facilidade de escoamento dos produtos após o roubo.

Com a carga tributária elevada, os comerciantes muitas vezes optam por adquirir produtos sem procedência legal, o que facilita a inserção dos cigarros roubados no mercado. Por se tratar de um produto de desfazimento rápido, os cigarros estão entre as cargas mais roubadas no Brasil.

O roubo de carga de cigarros tem impactos significativos em toda a cadeia produtiva, desde o produtor até o consumidor final. Os cigarros são produtos amplamente consumidos em todo o mundo e representam uma importante parcela do mercado de bens de consumo.


Eletroeletrônicos


Os eletroeletrônicos são produtos de alto valor agregado e representam uma importante parcela do mercado de bens de consumo.  No Brasil, o mercado de eletroeletrônicos é regulado pelo governo e está sujeito a uma carga tributária elevada, o que torna esses produtos mais caros e, consequentemente, mais visados pelos criminosos.

O roubo de carga de eletroeletrônicos é uma atividade criminosa que tem crescido nos últimos anos, e está entre as mais preocupantes para as empresas do setor.  As cargas roubadas são muitas vezes comercializadas no mercado paralelo, o que representa um grande prejuízo financeiro para as empresas e pode colocar em risco a saúde e a segurança dos consumidores.

O roubo de carga de eletroeletrônicos pode ter impactos significativos em toda a cadeia produtiva, desde o produtor até o consumidor final.  As perdas financeiras são enormes, com prejuízos na reposição de estoques, danos aos veículos e equipamentos de transporte, custos com seguros e outras despesas relacionadas à reposição de produtos.


Farmacêuticos


Os produtos farmacêuticos são considerados uma das cargas mais valiosas e importantes transportadas pelas rodovias brasileiras.  O setor farmacêutico tem um papel fundamental na sociedade, uma vez que seus produtos têm a finalidade de tratar e prevenir doenças, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

No entanto, essa carga também é uma das mais visadas pelos criminosos, devido ao alto valor agregado e à grande demanda do mercado. O roubo de carga de produtos farmacêuticos pode ter graves consequências, tanto para a saúde pública quanto para a economia.

Quando os medicamentos são roubados, há o risco de que sejam comercializados no mercado negro, sem garantias de procedência, armazenamento e transporte adequados, o que pode comprometer a qualidade e a eficácia dos produtos.


Cargas Fracionadas


As cargas frágeis também estão entre as mais visadas por criminosos. Essas cargas, em geral, são mais sensíveis a impactos e manuseio inadequado, o que aumenta os riscos de perda ou danos durante o transporte.

Cargas frágeis geralmente possuem alto valor agregado, o que as torna um alvo ainda mais atrativo para a ação de criminosos.

Outro tipo de carga que tem sido alvo de roubo nas estradas são as cargas de alto valor agregado. Essas cargas, em geral, incluem eletrônicos, joias, produtos de luxo e outros bens de alto valor comercial. O alto valor agregado desses produtos faz com que eles sejam alvos frequentes de grupos criminosos especializados em roubos de carga.

Além disso, as cargas de produtos químicos também são alvo de roubo nas estradas. Essas cargas, em geral, são perigosas e exigem uma série de cuidados especiais no manuseio e transporte.

No entanto, muitas vezes os criminosos não possuem o conhecimento necessário para lidar com esses produtos de forma segura, o que aumenta ainda mais os riscos de acidentes e danos para as pessoas e para o meio ambiente.


Têxteis e Calçados


Outro tipo de carga que tem sido alvo frequente de roubo nas estradas brasileiras são as cargas de têxteis e confecções. Esse setor é responsável pela produção de uma ampla variedade de produtos, como roupas, calçados, tecidos e acessórios.

Por possuir alto valor comercial, essa carga tem sido alvo frequente de criminosos especializados em roubo de cargas.

Um dos motivos para o aumento do roubo de cargas de têxteis e confecções é a facilidade de escoamento desses produtos no mercado informal. Após o roubo, os criminosos conseguem facilmente revender as mercadorias em feiras, camelôs e outros pontos de comércio ilegal.

A falta de rastreabilidade dessas cargas também dificulta a recuperação dos produtos roubados pelas autoridades competentes.


Bebidas


As cargas de bebidas também estão entre as mais visadas pelos grupos criminosos nas estradas do Brasil. Essa categoria inclui diversos tipos de bebidas alcoólicas e não alcoólicas, como cervejas, refrigerantes, sucos e água mineral.

As bebidas são produtos de alto valor comercial e, portanto, atraem a atenção dos criminosos especializados em roubo de cargas.

Assim como as outras categorias de cargas roubadas, a facilidade de escoamento desses produtos é um dos principais fatores que contribuem para o aumento dos roubos. Após o roubo, as bebidas podem ser facilmente vendidas no mercado informal, em bares, restaurantes e outros pontos de comércio ilegal.

Além disso, as bebidas também são produtos que podem ser facilmente adulterados pelos criminosos. É comum que as bebidas roubadas sejam diluídas com água ou outras substâncias para aumentar a quantidade da carga e, consequentemente, o lucro dos criminosos.


Autopeças


As cargas de autopeças também estão entre as mais visadas pelos grupos criminosos nas estradas do Brasil. Essa categoria inclui diversos tipos de peças automotivas, como pneus, baterias, peças de motor e de suspensão, entre outras.

Assim como as outras categorias de cargas roubadas, a facilidade de escoamento desses produtos é um dos principais fatores que contribuem para o aumento dos roubos.

As autopeças podem ser facilmente vendidas no mercado informal, em oficinas mecânicas e outros pontos de comércio ilegal. Também podem ser utilizadas em roubos de veículos. Os criminosos muitas vezes roubam as peças para utilizá-las na reposição de peças danificadas em veículos roubados ou furtados.


Combustíveis


As cargas de combustíveis também estão entre as mais visadas pelos grupos criminosos nas estradas do Brasil. Essa categoria inclui diversos tipos de combustíveis, como gasolina, etanol, diesel, entre outros. A alta demanda e o alto valor agregado desses produtos fazem com que as cargas de combustíveis sejam alvos frequentes de roubos. Além disso, os combustíveis são produtos de fácil escoamento no mercado ilegal, onde são comercializados por preços muito abaixo do mercado.

O roubo de cargas de combustíveis pode representar um grande risco para a segurança das estradas. Em muitos casos, os criminosos realizam o roubo utilizando armas de fogo, o que pode resultar em conflitos com os motoristas ou com as autoridades competentes que realizam a fiscalização das cargas.


Produtos Agrícolas


Os produtos agrícolas são itens fundamentais para a economia do país, e estão entre as cargas mais transportadas pelas rodovias brasileiras. Essa categoria inclui diversos tipos de produtos, como grãos, frutas, hortaliças, entre outros.

Infelizmente, as cargas agrícolas também estão entre as mais visadas pelos grupos criminosos. Isso acontece principalmente devido à alta demanda desses produtos no mercado ilegal, além da facilidade de escoamento e da dificuldade de rastreamento.

O roubo de cargas agrícolas pode representar um grande prejuízo para os produtores, uma vez que muitas vezes as cargas são destinadas a mercados específicos e podem estragar caso não cheguem a tempo.

Conheça o Imobilizador MAC 4G da Baita Tecnologia.

O anti jammer do mercado de tecnologia embarcada para prevenção de roubos e perdas!

Uma solução inovadora, para um mercado crescente e com carência de novas soluções.

plugins premium WordPress

Faça um Orçamento

Preencha os campos abaixo que iremos entrar em contato para mais informações.